Buscar
  • Carlos Eduardo Amaral Gennari

Gestantes e puérperas até 45 dias podem receber gratuitamente nos postos de saúde a vacina contra in

10470940_719729978087850_346873155884188562_n.jpg

De acordo com a presidente da Comissão de Vacinas da Febrasgo, Nilma Neves, a gripe durante a gestação ou puerpério pode levar a formas clínicas graves, como a pneumonia e até a morte.

“A vacinação de gestantes contra a influenza é segura em qualquer idade gestacional. Pode ser administrada na mesma ocasião de outras vacinas ou medicamentos, procedendo as aplicações em locais diferentes”, esclarece Nilma.

A especialista também explica que em adultos saudáveis, a detecção de anticorpos protetores se dá entre 2 a 3 semanas após a vacinação e apresenta, geralmente, duração de 6 a 12 meses. O pico máximo de anticorpos ocorre após 4 a 6 semanas. “Os níveis declinam com o tempo e ficam aproximadamente 2 vezes menores após 6 meses da vacinação. A proteção conferida é de aproximadamente 1 ano”.

Sobre a importância da vacinação no período gestacional, Nilma Neves destaca dados científicos. “Estudos realizados demonstraram que os lactentes de mães vacinadas contra a influenza, apresentaram menos casos da doença (confirmados em laboratório) do que o grupo controle (6 contra 16 casos). A eficácia vacinal foi de 63%”, finaliza.


9 visualizações0 comentário